veja-o-que-nao-fazer-no-facebook-da-empresa.jpeg

Atualmente, quem tem empresa tem conta no Facebook. A rede social é uma das ferramentas mais utilizadas para divulgação de uma marca e interação com os clientes.

Se sua empresa tem página no Facebook, provavelmente já bateu aquela dúvida sobre o que você deve ou não publicar, de que maneira é possível saber se suas postagens estão agradando seus seguidores e como continuar alavancando o engajamento do público.

Por isso, nesse post explicamos o que você não deve fazer no Facebook da empresa. É para tomar nota e botar em prática!

Deixar de monitorar o Facebook da empresa

Uma vez que você tem uma página no Facebook é importante que esteja sempre acompanhando o retorno daqueles que seguem sua página. Em geral, eles curtem os posts, fazem comentários, buscam interagir com você e com o conteúdo publicado.

Portanto, ative as configurações para que você não perca essa interação e se programe para responder aos comentários, estabelecendo, assim, uma relação amistosa com o seu público.

Publicar sempre os mesmos tipos de conteúdo na página

Antigamente, posts com imagens eram os mais curtidos do Facebook. Mas, recentemente, a coisa mudou. Os usuários da rede social estão preferindo postagens que tenham alguma informação relevante para eles e, ultimamente, têm optado pelos vídeos.

Isso não significa que, necessariamente, você precise postar vídeos o tempo todo em sua página. Procure variar as postagens para saber qual é o perfil do público que segue você, lembrando que esse público está sempre mudando e buscando se engajar em conteúdos novos.

Não fazer testes de publicação

Existem usuários que passam bastante tempo no Facebook, enquanto outros acessam a rede social mais esporadicamente. Como saber qual o perfil dos curtidores de sua página? Faça testes. Por exemplo, durante uma semana, publique um post por dia. No outro, procure publicar mais de um post por dia. E por aí vai.

Analise não só se os posts foram mais ou menos curtidos, mas se tiveram comentários, compartilhamentos e se o alcance foi satisfatório. Observe também o tipo de post que mais pareceu interessar o seu público, se foram links para blog, imagens ou vídeos.

Publicar sempre nos mesmos horários

Além de variar a quantidade de posts por dia, procure variar também os horários. Não poste somente em horário comercial. Programe posts que sejam publicados depois do expediente e não deixe de publicar também aos finais de semana. Aos poucos, você passa a conhecer a rotina dos seus seguidores e os horários em que mais vale a pena investir.

Não ter um tom adequado para suas publicações

O ideal é ter uma espécie de linha editorial. Isso significa estabelecer o tom e o tipo de conteúdo que será publicado. Sabemos que, quando se trata de Facebook empresarial, existem empresas que buscam ficar mais próximos dos seguidores, criando uma linguagem informal e descontraída.

A escolha pelo tipo de linguagem depende do seu negócio e de como você pretende se relacionar com o seu público. Mas, lembre-se, mesmo que escolha o tom informal, ainda assim é preciso mostrar o quanto você é profissional e competente no que faz. Portanto, é válido manter o equilíbrio e dosar a mão na hora de selecionar os posts e de se comunicar com os clientes.

Como você viu, é sempre importante cuidar da imagem no Facebook da empresa. Agora, que tal evoluir cada vez mais no relacionamento com o cliente, através do marketing? Ficou interessado? Confira nosso post sobre as melhores práticas para coletar feedback dos clientes!

 
Escrito por Oiana