5-sugestoes-para-te-ajudar-a-lidar-com-a-inadimplencia-dos-clientes.jpeg

Você notou que o número de vendas de seus produtos ou serviços não está correspondendo ao lucro que a sua empresa tem obtido no final do mês? Isso pode significar que seu negócio está sofrendo com a inadimplência de clientes, o que é extremamente prejudicial.

Afinal, se o serviço é prestado ou a mercadoria é vendida, mas o dinheiro não entra, haverá dificuldades para pagar funcionários e fornecedores, gerando conflitos internos e externos na sua administração. A inadimplência também pode afetar o engajamento do cliente com a sua marca, fazendo com que ele não se fidelize a ela. Essa é uma questão muito séria, pois, a longo prazo, sua empresa pode sucumbir à inadimplência e fechar as portas.

Quer resolver esse problema? Confira nossas sugestões para lidar com a inadimplência e salvar o seu negócio.

1. Estabeleça uma data fixa para pagamento

Determinar uma data fixa de pagamento é uma estratégia simples e que ajuda a diminuir a inadimplência dos clientes. Assim, você deixa o fluxo de entrada de dinheiro no caixa da empresa mais organizado, visto que receberá todos os pagamentos no mesmo dia. Isso também leva a um maior equilíbrio nas finanças, pois assim os pagamentos a fornecedores e colaboradores ficarão mais organizados.

2. Ofereça condições de pagamento diversificadas

Quais condições de pagamento a sua empresa oferece? Recebe somente com boleto? Quando isso ocorre, você está mais sujeito à inadimplência de clientes. Por isso, diversifique as condições de pagamento, aceitando débito automático, cartão de crédito, entre outros. Dessa forma, se o cliente não tiver condições de pagar à vista e em dinheiro, ele poderá usar a opção de pagamento que mais se encaixa nas suas necessidades, reduzindo o risco de a sua empresa ficar sem receber.

3. Monitore regularmente a inadimplência dos clientes

A inadimplência de clientes é um alerta muito importante para um empresário, pois indica que o seu negócio pode entrar no vermelho devido à falta de pagamento e ter problema para honrar os seus compromissos com funcionários e demais parceiros. Portanto, crie uma agenda, tendo um dia e horário específico por semana, quinzenalmente ou por mês — de acordo com a sua realidade —, para cuidar dessa questão. Nesse momento, verifique a incidência de inadimplência e coloque em prática estratégias para revertê-la.

4. Faça uso da tecnologia

Esqueça o caderninho de anotações! Para ampliar e melhorar o controle da inadimplência de clientes, o ideal é usar um sistema de gestão de contas a receber. Esse tipo de ferramenta reúne todas as informações necessárias para cobrar os clientes, como histórico de compras, pagamentos efetuados, acompanhamento de cobranças, entre outras. Deter o maior número de dados e registros em um único lugar permitirá cobranças mais eficazes e reduzirá o número de cobranças indevidas.

5. Negocie com o cliente

Geralmente, uma pessoa torna-se inadimplente por dificuldades financeiras, ou ter dimensionado mal a dívida dentro de seu orçamento ou ter perdido o emprego, por exemplo. Por isso, para tentar reverter esse quadro, procure negociar com os devedores, oferecendo mais prazo e uma parcela que ele consiga pagar. Em último caso ofereça descontos e condições especiais para quem está inadimplente, mas está interessado em saldar a dívida com a empresa. Com isso, você recebe o pagamento e também contribui para aumentar a confiança do cliente com a sua empresa e o fideliza.

Encarar a inadimplência como uma realidade e estabelecer estratégias para mitigar seus impactos em sua empresa é uma questão de sobrevivência. Lidar com essa situação de forma a reverter o jogo e ainda fidelizar clientes é algo que pode fazer toda a diferença para seu negócio. Por isso, esperamos que consiga colocar em prática o que sugerimos neste post.

Agora que você já entendeu como lidar com a inadimplência de clientes, curta a nossa página no Facebook para ter acesso a mais conteúdos exclusivos!

Escrito por Oiana