como-cobrar-pagamentos-dos-seus-clientes-de-forma-correta.jpeg

Todo profissional autônomo já se deparou com esta situação: chega o dia do pagamento, mas o dinheiro não cai na conta e é preciso cobrar o cliente. Na teoria parece bastante simples, mas na hora de cobrar acaba surgindo uma série de dúvidas sobre como fazer a abordagem. 

Em primeiro lugar, é preciso lembrar sempre de que não há nada de errado em cobrar pagamentos. Afinal, quando foi procurada pelo cliente, já estava implícito que o serviço seria cobrado. 

Em segundo lugar, é preciso ter certo cuidado ao fazer a cobrança para evitar constrangimentos e mal-entendidos. Tudo o que se espera é que o pagamento seja efetuado e que o cliente continue fazendo parte da sua carteira, não é mesmo? 

Então, para que você tenha segurança sobre como cobrar o cliente da maneira correta, elaboramos algumas dicas que podem ser aplicadas desde já e que vão ajudar você a desempenhar o papel de credor da melhor forma e com a garantia de que vai manter o cliente.

Trabalhe com datas fixas

Já no primeiro contato, se possível, antes do primeiro atendimento, combine com o cliente quais serão as datas de pagamento.

Isso é importante para que ele se organize, a partir do dia em que costuma receber o salário. Em geral, costuma ser perto do dia 10 ou do dia 20, mas deixe isso combinado para que ele encontre a melhor data e sempre se recorde do compromisso que tem com você.

Defina os horários de cobrança

​Procure definir horários de cobrança que se limitem ao horário comercial. Dessa maneira, a pessoa tem tempo de efetuar o pagamento ou ao menos entrar em contato com você para resolver a pendência de forma que seja possível atendê-la.

Evite o tom de ameaça

Por mais que você tenha razão em fazer a cobrança, lembre-se de que o tom de ameaça pode constranger o cliente e deixar uma imagem ruim sobre você e sobre o seu trabalho.

É preciso cobrar, sim, mas pense que pode ter acontecido algum imprevisto para que o pagamento não tenha sido efetuado, o que já é motivo para que o cliente não receba a cobrança de maneira amigável. 

Sobretudo em caso de cliente cujo registro mostra que sempre paga em dia, procure conversar no sentido de ajudá-lo a solucionar o problema e não de acusá-lo de inadimplência.

Utilize a tecnologia a seu favor para cobrar pagamentos

Uma ferramenta que sempre pode ser usada para realizar cobranças sem que você precise entrar em contato pessoalmente com o cliente é o envio de SMS ou mesmo de e-mails. É sempre válido pensar em mensagens de lembrete sobre a data de pagamento, as quais podem ser enviadas mensalmente, evitando que o cliente se esqueça.

Também são úteis as mensagens lembrando que o pagamento ainda não foi efetuado. Nesse caso, explique que ele tem um prazo de 24 horas (ou o tempo que achar adequado) para regularizar a situação, mas, se for preciso, também pode entrar em contato direto com você.

Cobrar pagamentos é uma daquelas situações com as quais temos dificuldade de lidar, mas que fazem parte do dia a dia de qualquer empresário. Quer ficar sempre por dentro de nossos conteúdos e dicas? Curta a página da Oiana no Facebook!

Escrito por Oiana