dentistas-como-organizar-seu-consultorio-e-atender-melhor.jpeg

Um dos grandes desafios da área da saúde nos dias de hoje é conseguir fornecer um atendimento de qualidade aos pacientes. A cada dia, as pessoas estão mais exigentes e pequenos deslizes são o suficiente para perder uma consulta.

Assim, a organização do consultório tem um papel fundamental no sucesso do dentista: não é possível melhorar processos ou ofertar um atendimento excelente sem, antes, cuidar de tudo que precisa de atenção no quesito atendimento.

Quer entender como a organização do consultório pode ajudar a oferecer um atendimento melhor aos pacientes? Então confira as dicas que separamos para você!

Tenha um processo de agendamento eficiente

A falta de organização do consultório consome muito de seu tempo produtivo. Além disso, a desorganização é a causa de muitos erros e transtornos que afetam diretamente o paciente.

Assim, organizar sua agenda profissional é o primeiro passo para um agendamento eficiente.

Depois de se organizar, busque ferramentas que possam facilitar o agendamento dos seus pacientes. Pode-se, por exemplo, aceitar contato por e-mail, WhatsApp, formulários eletrônicos etc. A ideia é automatizar e reduzir os erros.

Utilize um serviço de assistente virtual

Uma das novidades do mercado, inclusive oferecida por nós da Oiana, é a assistente virtual. Ela é uma ferramenta interativa que organiza sua relação com os pacientes, permitindo que as pessoas marquem, confirmem e cancelem seus agendamentos sem precisar de um atendente.

Além disso, tudo fica atualizado em uma agenda on-line completamente intuitiva. 

Ofereça conforto aos pacientes

Você pode contar nos dedos o número de pacientes que vão ao consultório apenas para uma visita de rotina e um check-up, certo?

Infelizmente, ainda hoje, o medo de dentista é algo comum. Como um bom profissional, tudo que você pode fazer é dar o máximo de conforto possível a essas pessoas. Assim, o trabalho de humanização de ambientes é uma saída interessante e já existem arquitetos especializados neste serviço para a área da saúde.

Cuide do pré e pós-atendimento

É importante pensar no atendimento ao paciente como um processo, dividido em três etapas: pré-atendimento, atendimento e pós-atendimento.

O pré-atendimento se refere a todo o contato que o paciente tem com você antes da consulta. Isso engloba o agendamento, o estacionamento e a espera.

O pós-atendimento é tudo aquilo que ocorre após o paciente ser atendido. É o momento de se aproximar dos pacientes, dar dicas de cuidado e verificar como ele está lidando com os procedimentos feitos. O pós-atendimento, se bem feito, gera um sentimento de importância no paciente que pode, inclusive, fidelizá-lo. 

Tenha em mente que apenas um atendimento presencial de qualidade não basta. Todas as etapas precisam de igual atenção.

Use a organização do consultório para evitar atrasos

Apesar de parecer parte da rotina dos profissionais da área da saúde, o atraso não pode ser uma prática aceita.

Enquanto o profissional atrasa, os pacientes ficam impacientes. Esse tipo de prática interfere, e muito, na relação que as pessoas têm com seu dentista.

Nós sabemos que o overbooking é necessário, pois sem ele você teria vários espaços vazios em sua agenda, mas é importante ter uma boa gestão de tempo, para que clientes frequentes não sejam penalizados.

De modo geral, podemos dizer que a melhoria do atendimento ao paciente está intimamente ligada à organização do consultório. Trata-se de otimizar os processos, criando estratégias mais práticas para que as pessoas fiquem confortáveis e, ao mesmo tempo, possam usufruir de um serviço de qualidade.

Como você viu aqui no texto, os assistentes virtuais são uma medida interessante para melhorar seu atendimento. Para saber mais sobre o assunto, nós recomendamos que leia nosso artigo Atendimento digital: por que os assistentes virtuais estão conquistando os clientes?

Escrito por Oiana